domingo, 27 de abril de 2008

A louca dos poemas

Não escrevo pra dar uma de poetiza

Não escrevo poemas pra me vangloriar

escrevo porque gosto

escrevo porque é minha meta

Sou a poeta sem ar

Sou a poeta sem rima

a poeta que não sabe rimar

não me importo em rimar

Sou a poeta dos sentimentos

Sou a poeta do momento

Venha pra me apoiar

Venha pra me vaiar

Saiba que daqui não saio

Digo tudo isso sem mais

Não vim enganar

Estou aqui pra me reciclar

Um comentário:

Caliban disse...

Gostei do poema :D
aqui é a ly, caso você tenha esquecido